O que acontece em cada mês da gravidez?

Engravidar sempre foi o seu sonho e, de repente, você se vê diante de um dos maiores desafios da sua vida.

Fique tranquila, pois apesar de ser um momento cheio de surpresas, essa será uma das suas melhores fases.

Para ajudar a superar todas as novidades, preparamos um checklist completo que vai ajudar na sua caminhada do início ao fim da gestação.

Primeiro mês

Escolhendo o médico

Descobriu que está grávida? Parabéns! Agora é hora de escolher o seu médico, que vai cuidar de você e do seu bebê com carinho e atenção, além de acompanhar toda a sua gestação.

É importante que seja o mesmo profissional do início ao fim da gravidez, pois, assim, ele conhecerá bem todo o seu histórico e poderá cuidar ainda melhor de vocês dois.

Se você não tomou metilfolato antes de engravidar, questione o seu médico sobre o uso, já que esse nutriente ajuda a reduzir o risco de malformações no bebê.

É importante, também, tirar todas as dúvidas sobre os próximos nove meses: medicamentos que podem ser usados, vacinas que devem ser tomadas, ingestão de certos alimentos e bebidas, entre tantas outras questões que vão surgir.

Segundo mês

Esse é o momento que você começa a se preparar para as mudanças que vão acontecer no seu corpo.

Incluir o uso de hidratantes, protetores e outros cremes na rotina de cuidados diários ajuda a evitar estrias e manchas que podem aparecer durante a gravidez. Converse com um dermatologista para seguir um tratamento adequado.

Nesta fase, alterações hormonais podem provocar enjoos, cansaço e inchaço nos seios, então, é importante ficar muito atenta à hidratação e descansar sempre que possível.

O diagnóstico genético do sexo fetal pode ser feito pelo sangue (sexagem) a partir da 8-9ª semana de gestação. Este exame, porém, não é disponibilizado pelo SUS nem pela maioria dos convênios.

Terceiro mês

O ultrassom obstétrico permite aos médicos visualizar o bebê no útero. Neste período, já é possível identificar alterações e algumas malformações.

Além das orientações do médico, existem cursos para gestantes que ajudam a futura mamãe a esclarecer todas as dúvidas sobre a gestação, o parto e como cuidar do bebê, principalmente para as mães de primeira viagem.

Quarto mês

Já é possível descobrir com segurança o sexo do bebê pelo ultrassom – informação tão aguardada pela maioria dos pais.

O exame pode ser feito a partir da 12ª semana. Para diminuir a chance de erro, o melhor é aguardar a 16ª semana de gestação, quando a formação genital se completa.

Quinto mês

É muito importante revelar ao seu obstetra quais são os seus planos, anseios e medos nas consultas durante o pré-natal: o que é melhor no seu caso, parto normal ou cesárea? Quer receber anestesia?

Essas questões são fundamentais para uma boa relação e confiança no profissional.

Sexto mês

Exercícios físicos são recomendados para aliviar os desconfortos causados pelas mudanças no seu corpo. Eles ajudam a relaxar, melhoram a postura, diminuem a dor lombar e o risco de desenvolver diabetes gestacional, por exemplo.

O mais indicado é que a prática de atividades físicas comece após o primeiro trimestre. Mesmo assim, procure um bom profissional e não faça nada sem acompanhamento. Os exercícios mais indicados são os leves e de baixo impacto, como caminhadas, natação e hidroginástica.

Sétimo mês

Com a chegada do terceiro trimestre de gravidez, é importante conhecer a maternidade. Fale com o seu médico sobre o armazenamento de sangue do cordão umbilical e o uso de células-tronco que poderão ser obtidas da placenta. Este também é o momento de preparar as “lembrancinhas” que serão dadas quando receber visitas e de realizar o chá de bebê. A partir deste mês, geralmente, viagens de avião são contraindicadas.

Oitavo mês

O parto é um momento cheio de dúvidas, por isso, aproveite as consultas! Comece a pensar na montagem da mala que vai levar para a maternidade e em como será a rotina no pós-parto. Alguém vai te ajudar nos primeiros dias ou meses?

Nono mês

Desacelere! Agora é hora de curtir os últimos dias. As visitas ao médico serão frequentes, então aproveite para deixar tudo pronto para o parto. Você deve saber, através de seu médico, quais são os sinais de que a hora do nascimento chegou e estar preparada para o momento. Tire as dúvidas sobre o parto e os cuidados com o recém-nascido.

Fontes:

https://www.justrealmoms.com.br/checklist-que-voce-precisa-fazer-antes-bebe-nascer/

https://brasil.babycenter.com/a25006331/lista-completa-de-preparativos-para-a-gravidez-1o-trimestre

http://www.redeblh.fiocruz.br/media/conversando_gestante[1].pdf

Material destinado ao público geral.

Junho/2019

BRWH190622d

confira também