Menopausa engorda? Conheça os hábitos e os cuidados saudáveis para se sentir bem nesta fase

As mudanças hormonais em nosso corpo são as principais responsáveis pelas transformações que acontecem durante a menopausa. A redução no nível de estrogênio faz com que o corpo passe a estocar mais gordura na área do abdômen, além de diminuir a capacidade de metabolização do organismo e a queima de calorias.


Muitas vezes, a mulher vai se sentir inchada, mesmo sem ganho de peso, em um processo natural que acontece com todas nós. No período do climatério, mesmo antes da menopausa, essas alterações hormonais fazem com que os cuidados gerais, a reeducação alimentar e a prática de exercícios físicos regulares se tornem ainda mais importantes.

Essas mudanças de atitude podem fazer a diferença na hora de melhorar sua autoestima e a qualidade de vida.


Emagrecendo na menopausa


Para mulheres que ainda não chegaram à menopausa, o controle do peso e o aumento da atividade física devem ser uma prioridade. A melhora da dieta vai reduzir o risco de doenças, em especial as metabólicas e cardiovasculares. A atividade física regular bem orientada acelera o metabolismo, reduz os inchaços, controla o peso, melhora o humor e ainda traz benefícios significativos para os músculos, ossos e articulações.


Reposição hormonal


A melhoria dos hábitos, alimentação balanceada, atividade física regular, redução do estresse, e um sono reparador, juntamente com o controle de bebidas alcóolicas e do uso de tabaco, são medidas importantes para melhorar a nossa saúde em qualquer idade. Nas mulheres que atingiram a menopausa, a terapia hormonal pode ser indicada para reduzir sintomas e melhorar a qualidade de vida.


O tratamento é capaz de reduzir em até 75% a frequência e 80% a severidade das ondas de calor. Ele pode ser feito com a suplementação de estrogênio isolado ou com a combinação de estrogênio e progestagênio. Por isso, é importante conversar com o seu ginecologista. O acompanhamento é indispensável para que você atinja os seus objetivos sem riscos.


FONTE


Pompei LM, Machado R.B, Wender COM, Fernandes CE. Consenso Brasileiro de Terapêutica Hormonal da Menopausa. 2014 (acesso em 01/08/2019) https://www.febrasgo.org.br/images/arquivos/manuais/Manuais_Novos/consenso_brasileiro_de_terapeutica_hormonal_da_menopausa_SOBRAC.pdf

Material destinado ao público em geral.
Setembro/2019. BRWH190854j

confira também