Sexo não é tabu! Saiba como falar com os seus filhos sobre o tema

Conversar abertamente com a seus filhos sobre sexo é indispensável.

Não só por todos os riscos envolvidos no início da vida sexual de qualquer pessoa, mas também pelas questões emocionais e de relacionamento que estão ligadas a esse processo.

O assunto não precisa ser tabu e pode ser abordado de forma progressiva, começando ainda na primeira infância.

Claro, cada mãe tem o seu estilo e o seu tempo.

Mas, seja qual for a fase que você escolher, o mais importante é vencer o constrangimento e falar da forma mais aberta possível.

De 0 a 3 anos

Psicólogos incentivam as conversas sobre sexo com crianças ainda na primeira infância.

Pela falta de maturidade dos pequenos, neste período, o mais indicado é usar metáforas para matar a curiosidade das crianças sem entrar em questões anatômicas.

Essa primeira conversa vai ajudar você a estabelecer uma relação de confiança com os seus filhos ainda na infância.

Entre 3 e 6 anos

Neste período, a curiosidade aumenta. Tente manter as explicações simples e livres de detalhes.

Nessa faixa de idade, a criança não entende as explicações científicas, mas já são capazes de interpretar componentes emocionais presentes na sexualidade.

Por isso, não force. Aguarde as perguntas, que elas virão.

Entre 6 e 12 anos

Na terceira infância, a maior parte das crianças já terá recebido informações sobre sexualidade através das matérias escolares.

Nesta fase, aborde o assunto de maneira científica e explique como a reprodução funciona de uma forma didática.

As metáforas devem ser abandonadas, pois as explicações literais são mais eficazes.

Essa conversa também fará com que seus filhos entendam as mudanças em seus próprios corpos, melhorando o autoconhecimento e evitando problemas em relação ao desenvolvimento.

Adolescentes

Num mundo digital acelerado de muita informação, grande imediatismo e pouco controle de conteúdo, é fundamental não se distanciar da realidade de vida da adolescente.

Abandone os preconceitos e vergonhas, enfrentando o diálogo aberto com seus filhos.

Fale de forma aberta sobre temas como: vida sexual, gravidez indesejada e infecções sexualmente transmissíveis.

Esse é o período ideal para estreitar os laços de confiança com a seus filhos adolescente e se tornar uma fonte confiável de informações e orientações.

Também é importante lembrar das relações não binárias, homoafetivas e das questões de gênero, cada vez mais presentes na vida dos jovens.

É importante falar sobre o respeito, a igualdade e a importância de todos para a sociedade.

FONTES

BBC News Brasil. (2019). Como falar com as crianças sobre sexo e relacionamento: as dicas de psicólogos.  Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/geral-41663906 [Acessado em: 30 Jul. 2019].

Minhavida.com.br. (2019). Educação sexual: como falar com o seu filho em diferentes fases da vida.  Disponível em: https://www.minhavida.com.br/familia/materias/34176-educacao-sexual-como-falar-com-o-seu-filho-em-diferentes-fases-da-vida [Acessado em: 30 Jul. 2019].

Claudia. (2019). Como conversar sobre sexo com a filha que começou a namorar.  Disponível em: https://claudia.abril.com.br/sua-vida/como-conversar-sobre-sexo-com-a-filha-que-comecou-a-namorar/ [Acessado em: 30 Jul. 2019].

Bem Estar. (2019). Saiba como falar sobre sexo em cada idade na faixa de 0 a 17 anos.  Disponível em: a href=”http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/06/livro-mostra-como-falar-de-sexo-em-cada-idade-na-faixa-de-0-17-anos.html [Acessado em: 30 Jul. 2019].

Material destinado ao público em geral. Agosto/2019

BRWH190854a

confira também